Três pessoas são presas por furto de energia, no Vale do Piancó

Três pessoas são presas por furto de energia, no Vale do Piancó

Um mutirão de fiscalização iniciou, nesta terça-feira (15), o combate a desvios de energia, conhecidos como "gatos", no município de Coremas, Sertão paraibano, 405 quilômetros de João Pessoa. Três pessoas foram presas.

A ação, que irá durar 15 dias, é promovida pela Energia e tem o apoio da Polícia Civil e do Instituto de Polícia Científica (IPC).

Segundo o gerente do departamento de Combate a Perdas, Felipe Costa, já foram efetuadas cinco prisões na região e o volume desviado representa 39% da energia distribuída na cidade, o que seria suficiente para atender 5,8 mil unidades consumidoras durante o ano.

Conforme a Energisa, o furto de energia causa grandes prejuízos, não só para a distribuidora, que chega a ter um déficit de, aproximadamente, R$ 71 milhões no seu faturamento anual, mas também para o estado, que deixa de arrecadar R$ 19 milhões em ICMS. 

 

 

 

Fonte: Assessoria