Rota turística da PB é beneficiada com programa federal

Rota turística da PB é beneficiada com programa federal

Foi apresentado na manhã desta segunda-feira (10), pelo Ministério do Turismo, o programa “Investe Turismo”. Fruto de uma parceria entre o Ministério com o Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur) e o Sebrae, o governo federal investirá R$ 500 milhões na estruturação de 30 rotas turísticas espalhadas pelo Brasil. Na Paraíba, a rota João Pessoa-Litoral será beneficiada. O evento aconteceu no auditório do Sebrae, em João Pessoa, e contou com a presença do ministro Marcelo Álvaro.

Além da estruturação física dos locais, o programa prevê a capacitação dos agentes e operadores de turismo nessas regiões. O ministério também pretende fazer estudos de viabilidade de investimentos, que podem trazer um maior número de investidores e até novas rotas, inclusive na Paraíba.

“(O programa) Visa a promoção das rotas, tanto no Brasil como no exterior, a capacitação profissional de todos os trabalhadores do setor compondo essa rota, e também, um estudo de viabilidade de investimentos, para que a gente consiga trazer a infraestrutura turística para essas rotas”, explicou o ministro.

Na Paraíba, a rota João Pessoa-Litoral, que além da capital, abrange os municípios de Cabedelo e Conde, será beneficiada. Toda a verba vem direto do Sebrae, e na primeira etapa do programa, já devem ser investidos R$ 200 milhões. Empresas privadas também poderão entrar com investimentos nessas rotas.

O secretário de Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba (SETDE-PB), Gustavo Feliciano, destacou a importância do programa para todos os agentes que envolvem o turismo. “Todos da cadeia de comerciantes, de hotel, de barracas que servem ao turismo estarão aptos a receber dinheiro desse programa”, disse.

Gustavo afirmou que irá solicitar ao ministro melhoras na infraestrutura das duas maiores cidade dos estado, João Pessoa e Campina Grande, além de capacitação para os agentes de turismo, como aulas de inglês, e melhoraria física de outros pontos turísticos do estado, como o Vale dos Dinossauros, em Sousa.

A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) , Ruth Avelino, ressaltou a importância das empresas privadas darem suporte ao turismo local. “Tem que correr atrás, buscar essas linhas novas de crédito que estão aparecendo, ver como é que pode fazer parceria com os governos e prefeituras, e todo mundo trabalhar junto”, afirmou Ruth.

 

 

 

Bruno Marinho e Albemar Santos – MaisPB