Presidente da Câmara de Diamante quer o fim da taxa de iluminação pública

Presidente da Câmara de Diamante quer o fim da taxa de iluminação pública

O presidente da Câmara de Vereadores de Diamante, Adriano Santos Bernardino, mais conhecido como Mancha, quer o fim da cobrança da taxa de iluminação pública no município. O projeto de Lei que exclui a taxa já está sendo elaborado por ele e será apresentado neste dia 30 de março, durante a sessão da Casa.

 

De acordo com o vereador, as pessoas mais pobres são as mais prejudicas com essa arrecadação. “Eu tenho recebido muitas reclamações, principalmente dos moradores dos sítios e dos conjuntos habitacionais. Eles querem que a taxa seja excluída”, disse Adriano.

Segundo os populares, o serviço de manutenção da iluminação pública também não é feito como deveria. “Estamos pagando a taxa, mas não é feito a manutenção correta, além disso o valor que pagamos é abusivo”, argumentou um morador da zona rural.

Adriano destaca a importância da presença da população na Câmara no dia 30. “É importante que os moradores de Diamante compareçam na sessão que vou apresentar o projeto, temos que unir forças para aprová-lo, é de interesse de todos, então todos estão convidados à participarem”, pontuou o presidente do Legislativo local. 

 

 

Assessoria/GM Comunicação