"Não admite conversas se não for em torno do nome dele": Josival diz que Maranhão quebrou unidade das oposições

"Não admite conversas se não for em torno do nome dele": Josival diz que Maranhão quebrou unidade das oposições

Após as últimas farpas trocadas entre o prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD) e o senador José Maranhão (MDB) – envolvendo a definição do nome das oposições que vai disputar o Governo do Estado -, o grupo Cartaxista segue em pé de guerra com o emedebista. O secretário de Comunicação de João Pessoa, Josival Pereira afirmou, na manhã desta quinta-feira (15) durante entrevista a uma rádio da Capital, que Maranhão é responsável por quebrar a unidade das oposições.

 

“A verdade é o seguinte: o senador José Maranhão, com todo respeito a ele, quebrou a unidade das oposições. Ele se lançou candidato desde o ano passado e foi para frente, e não quer abrir mão. Ele não admite conversas se não for em torno do nome dele”, disse Josival Pereira.

O secretário comentou sobre as movimentações “ofensivas” de Maranhão, e explicou o porquê da cobrança de Cartaxo por definições. “Ninguém tinha se lançado candidato, Cartaxo não tinha se lançado ainda, Romero tinha dito que o nome tava colocado, aí Maranhão colocou [a candidatura]. Cartaxo em nenhum momento disse que é candidato ou que vai ser candidato. Ele disse que queria uma definição em janeiro, porque se fosse o escolhido iria se preparar”, declarou.

Questionado sobre uma possível aliança entre Luciano Cartaxo e o governador Ricardo Coutinho (PSB), Josival afirmou que não consegue enxergar isso ainda. Segundo o secretário, todas as declarações do prefeito até agora apontam que ele defende a unidade das oposições. “Não tenho escutado do prefeito nenhuma sinalização de que não seja nada em torno da unidade das oposições”, resumiu.

 

 

Blog do Gordinho