Frente Ambientalista da ALPB debate cadeia produtiva local como garantia de soberania popular

Frente Ambientalista da ALPB debate cadeia produtiva local como garantia de soberania popular

A Frente Parlamentar Ambientalista da Assembleia Legislativa da Paraíba realiza, nesta quinta-feira (28), sessão remota para discutir o fortalecimento da cadeia produtiva local como garantia da soberania alimentar. A reunião terá transmissão da TV Assembleia e redes sociais da Casa de Epitácio Pessoa.

Desde o início da pandemia provocada pelo coronavírus, a Frente Ambientalista readequou os seus trabalhos e tem buscado pautar as reuniões com temas convergindo para a questão da segurança alimentar e nutricional das populações mais vulneráveis, com foco no incentivo à produção da agricultura familiar e agro ecologia.

Em sua primeira reunião remota no período de isolamento social, realizado no dia 23 de abril, a Frente Parlamentar Ambientalista debateu a soberania alimentar diante do contexto da pandemia global provocada pelo novo coronavírus e os participantes se uniram para organizar de um comitê com o intuito de contribuir com a valorização do pequeno agricultor e da agroecologia, através de discussões com o governador do Estado, João Azevêdo, e com os representantes das secretarias estaduais ligados à área.

“Para 2020, o trabalho da Frente Ambientalista estava com sua agenda programada para tratar de assuntos como: a revalidação do Código de Defesa Animal, e o acompanhamento das condições gerais dos grandes felinos no Parque da Bica; a continuação no acompanhamento das obras de Transposição do Rio São Francisco e segurança hídrica, focado no debate voltado para o uso responsável da água, com sustentabilidade; e trabalhando com os arranjos produtivos de cada localidade. Mas foi necessário mudar, no momento o foco para atender a população vulnerável à pandemia”, informou a Assessoria de Imprensa da deputada Estela Bezerra, presidente da Frente.

 

 

Wscom