Enfermeira vítima de feminicídio dentro do Hospital de Trauma de CG passa por cirurgia e vai para UTI

Enfermeira vítima de feminicídio dentro do Hospital de Trauma de CG passa por cirurgia e vai para UTI

A técnica em enfermagem, funcionária do Hospital de Trauma que foi vítima de uma tentativa de feminicídio dentro da instituição, passou ainda nesta manhã (20) por uma cirurgia. Segundo o órgão, o caso dela é grave. Após a finalização do procedimento cirúrgico, ela foi transferida para a Unidade de Tratamento Intensiva, onde segue em observação. 

A mulher de 39 anos estava chegando para trabalhar na unidade de saúde quando foi surpreendida pelo seu ex-companheiro que desferiu diversos golpes de faca sobre ela. 

Durante a tentativa de feminicídio, ela conseguiu pedir socorro, onde foi socorrida e levada para a área vermelha do hospital com ferimentos na cabeça, pescoço e costas. 

Já o suspeito do crime foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes em Campina Grande. A PM informou que a mulher vinha sendo ameaçada pelo ex-companheiro.

 

 

Click PB