Em Piancó, homem anda nu pelas ruas da cidade

Em Piancó, homem anda nu pelas ruas da cidade

Um homem que teve seu nome preservado resolveu tirar sua roupa e passear completamente pelado em frente à rodoviária de Piancó. O fato aconteceu nesta segunda-feira(14).

Após presenciar a cena comerciantes resolveram conter o homem sem suas vestimentas. Em seguida o acusado se vestiu e saiu do local.

 

Ainda segundo informações de algumas pessoas que estavam nas proximidades. A pessoa que desfilava nu apresentava sintomas de embriaguez. O fato causou estranheza e constrangimento a populares que presenciaram a cena.

 

 

 

Vale News PB

 Fonte: O Blog de Pianco.com.br 

Um homem que teve seu nome preservado, visivelmente embriagado, resolveu tirar sua roupa e passear completamente pelado, no pátio em frente a Rodoviária de Piancó. Fato semelhante já ocorreu na cidade, quando outro homem, visivelmente com problemas mentais, desfilou pelas ruas da cidade completamente nu. 
 
Segundo populares que se encontravam naquele momento, nesta segunda-feira (14), no Pátio da Rodoviária, o homem estava visivelmente bêbado e sem motivo aparente, resolveu tirar as roupas e sair andando. Contido por alguns comerciantes da área, ele repôs as vestimentas e saiu em destino ignorado. 
 
O Álcool tem um efeito lentificador no cérebro (também chamado efeito sedativo ou efeito depressor). Em uma pessoa que bebe muito, a longo prazo, o cérebro é exposto quase continuamente ao efeito depressor do álcool.
 
Alucinações – Este sintoma normalmente começa dentro de 12 a 24 horas depois da última bebida, e pode durar até dois dias após ter começado. Se isto acontecer, a pessoa alucina (vê ou sente coisas que não são reais). É comum às pessoas que estão abstinentes do álcool verem múltiplos objetos pequenos, semelhantes, se movimentando. Às vezes a visão é de insetos rastejando, estrelinhas piscando ou moedas caindo. É possível que uma alucinação na abstinência alcoólica seja uma visão muito detalhada e imaginativa.
 
oblogdepianco.com.br