Eleição de Buba para Comissão de Segurança termina em confusão e cabo Gilberto acusa quebra de acordo

Eleição de Buba para Comissão de Segurança termina em confusão e cabo Gilberto acusa quebra de acordo

O deputado estadual Buba Germano (PSB) foi eleito na manhã desta quarta feira (05) como presidente da Comissão de Segurança na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). No entanto, a eleição provocou o descontentamento de dois membros da comissão, o cabo Gilberto e Wallber Virgolino.

A eleição do socialista deixou o deputado Cabo Gilberto revoltado. Ele era o vice-presidente e tinha pretensões de assumir o posto deixado por João Gonçalves ao assumir uma secretaria no Governo do Estado. De acordo com o Cabo Gilberto e com o deputado Wallber Virgolino, havia um acordo que foi quebrado. 

O cabo Gilberto ainda disputou a eleição contra o deputado Buba Germano, mas perdeu por três votos a dois. O parlamentar acusou Felipe Leitão de votar contra a sua candidatura.

O deputado Wallber Virgolino lamentou o fato de que com dois deputados policiais, tenha sido escolhido outro deputado para presidir a comissão. "Infelizmente se politiza o que não se pode ser politizado. Nós temos uma segurança pública precária", comentou. Ele ainda declarou que "a gente não está falando da competência do outro deputado, só acho que o que deveria ter sido acordado antes".

Segundo Wallber Virgolino, ele e o cabo Gilberto haviam se articulado pelo comando da comissão. Ele ainda sustentou que a bancada de situação não havia manifestado interesse na comissão, mas acabou vencendo a disputa.

O deputado Ricardo Barbosa, líder da situação, explicou em entrevista à imprensa que a presidência da comissão estava vaga desde o pedido de licença de João Gonçalves. "Hoje, passado um mês, efetuamos a eleição para escolha do presidente. O cabo Gilberto disputou. De cinco membros titulares, tivemos três votos para o deputado Buba e dois votos para o deputado cabo Gilberto", ressaltou o deputado.