Desincompatibilização de Maísa Cartaxo seria exigência para PP ficar com Lucélio

Desincompatibilização de Maísa Cartaxo seria exigência para PP ficar com Lucélio

As especulações a respeito do afastamento da primeira-dama, Maísa Cartaxo (PV), das funções de docente na Universidade Federal da Paraíba são muitas, mas a tese que começa a ganhar mais fôlego é a de que trata-se de uma exigência para o PP se aliar a Lucélio Cartaxo (PV).

De acordo com Fabiano Gomes, no Arapuan Verdade, na Arapuan FM, nesta segunda-feira (09), o assunto teria surgido em uma reunião entre o senador e pré-candidato a reeleição, Cássio Cunha Lima (PSDB) com o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP).

O radialista revelou, com exclusividade, que uma fonte afirmou da exigência para Maísa ser suplente de Daniella Ribeiro, que disputaria uma das vagas para o Senado na chapa do PV. Isso garantiria empenho na candidatura, uma vez que a primeira-dama, também participaria da chapa.

Outra informação exclusiva de Fabiano aponta que o grupo de oposição estaria esperando apenas a decisão de Daniella para também resolver o caso de Manoel Jr (PSC). A deputada encontrou-se com o governador Ricardo Coutinho (PSB) na semana passada e aumentou as especulações a respeito da participação dela na chapa de João Azevedo (PSB), com isso a vaga para o senador na chapa das oposições ficaria para Manoel Júnior, que com a chegada de Daniella deve ficar com o senador e pré-candidato, José Maranhão (MDB).

 

 

 

Paraíba.com.br