Caixa Econômica paga 3ª parcela do Auxílio Emergencial

Caixa Econômica paga 3ª parcela do Auxílio Emergencial

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta segunda-feira (29) a terceira parcela do Auxílio Emergencial para 1,9 milhão beneficiários do Bolsa Família qualificados no programa, cujo número do NIS termina em 9. Também recebem hoje os beneficiários comtemplados no 1° lote de acordo com o mês de aniversário do beneficiário.

Também nesse período, o governo realiza o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial aos beneficiários do lote 2. São 8,7 milhões de pessoas e um total de R$ 5,5 bilhões a serem creditados. Ainda nas mesmas datas, vai ser realizado o pagamento da primeira parcela aos beneficiários do lote 4. Nesse caso, serão gastos R$ 700 milhões para pagamentos a 1,1 milhão de pessoas.

Nos três lotes os pagamentos vão seguir o seguinte calendário:

27 de junho (sábado): para os nascidos em janeiro e fevereiro
30 de junho (terça-feira): para os nascidos em março e abril
1º de julho (quarta-feira): para os nascidos em maio e junho
02 de julho (quinta-feira): para os nascidos em julho e agosto
03 de julho (sexta-feira): para os nascidos em setembro e outubro
04 de julho (sábado): para os nascidos em novembro e dezembro

Os valores serão creditados na poupança digital. Já os beneficiários que pretendem sacar o benefício terão que esperar mais e seguir um novo calendário de saques. Com isso, podem ter que esperar até dois meses para receber o dinheiro. Mesmo assim a expectativa da Caixa Econômica Federal é de que 60% dos recursos sejam utilizados pela população antes de serem sacados.

O calendário de saque será da seguinte forma:

18 de julho (sábado): para os nascidos em janeiro
25 de julho (sábado): para os nascidos em fevereiro
1º de agosto (sábado): para os nascidos em março
8 de agosto (sábado): para os nascidos em abril
15 de agosto (sábado): para os nascidos em maio
29 de agosto (sábado): para os nascidos em junho
1º de setembro(terça-feira): para os nascidos em julho
8 de setembro (terça-feira): para os nascidos em agosto
10 de setembro (quinta-feira): para os nascidos setembro
12 de setembro (sábado): para os nascidos em outubro
15 de setembro (terça-feira): para os nascidos em novembro
19 de setembro (sábado): para os nascidos em dezembro

Ampliação do benefício

Na última quinta-feira (25), em uma live, o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou que o governo Federal considera estender o auxílio emergencial por mais três meses. Dessa vez, porém, o auxílio seria pago de forma decrescente sendo R$ 500 no mês de julho, R$ 400 no mês de agosto e R$ 300 no mês de setembro. A ampliação ainda depende da edição de uma nova medida provisória, que também precisa ser aprovada pelo congresso nacional.

 

 

Uol