Cabo Gilberto diz que não está mais alinhado com Julian Lemos e segue em apoio a Jair Bolsonaro: “vou para onde o presidente for”

Cabo Gilberto diz que não está mais alinhado com Julian Lemos e segue em apoio a Jair Bolsonaro: “vou para onde o presidente for”

O clima no PSL continua tenso não apenas no âmbito nacional, mas na Paraíba também. O deputado Cabo Gilberto, um dos representantes do partido na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), confirmou nesta terça-feira (23) uma quebra da aliança com o deputado federal, Julian Lemos, presidente da legenda no Estado e vice nacional.

 

O deputado estadual ratificou que independente do racha nacional, aqui na Paraíba ele segue apenas a Jair Bolsonaro. “Vou para onde o presidente for”, disse em entrevista  exclusiva ao Portal WSCOM.

 

Cabo Gilberto disse ainda que não concordou com a atitude de Julian Lemos de ir na contramão do que foi posto pelo presidente ao declinar apoio a Eduardo Bolsonaro para liderança do PSL na Câmara Federal. Lemos integra o grupo ligado ao presidente do partido, Luciano Bivar (PSL-PE). Apesar disso, jura fidelidade ao presidente da República.

 

“Eu na posição dele teria me comportado de uma forma diferente, mas cada um defenda o que acha que é correto. Eu não concordo com a atitude dele de ficar contra a votação do presidente que era do Eduardo, mas eu respeito porque faz parte”, destacou.

 

Sobre Eduardo na liderança do PSL na Câmara, Cabo Gilberto ressaltou que ver com bons olhos por se tratar de uma pessoa de confiança do presidente e ele diz esperar que o filho de Bolsonaro faça um bom trabalho.

 

CRISE NO PSL

 

O deputado ressaltou que não ficou em cima do muro em relação ao conflito interno no PSL. “Assim que começou toda essa celeuma eu já coloquei a minha postura, inclusive assinando uma declaração a favor da advogada Karina Kufa de deixar todos os nossos mandados para que ela faça também uma auditoria no partido com relação ao nosso nome”, finalizou.

 

 

Wscom