Wilson Santiago diz que pesquisa definirá candidato do PTB e deixa apoio a outra candidatura para 2º turno

Wilson Santiago diz que pesquisa definirá candidato do PTB e deixa apoio a outra candidatura para 2º turno

O ex-senador e presidente Estadual do PTB, Wilson Santiago, garantiu que o partido terá mesmo candidatura própria na disputa pela prefeitura de João Pessoa e afirmou que somente no segundo turno estará aberto para conversas com outras legendas para apoiar qualquer candidatura. Os nomes mais cotados são os do vereador Raoni Mendes e o do deputado federal Wilson Filho. Segundo ele, a escolha se dará após a realização de pesquisa de opinião.

Para Wilson Santiago o momento ainda é de organização da legenda, recebendo a adesão de novos filiados, como, por exemplo, de Major Fábio, que oficializa a filiação nesta próxima segunda-feira (15). “Além dele, outros nomes que irão se filiar em João Pessoa para a eleição de prefeito estão chegando. E estamos adotando critérios para escolher o candidato, entre eles o mais democrático que é a pesquisa de opinião pública”, afirmou.

De acordo com Wilson, todos os nomes do partido que quiserem se colocar à disposição para a campanha para prefeito serão ouvidos e colocados no debate. “Já temos os nomes postos de Wilson Filho e de Raoni Mendes e todos os outros que surgirem, nós iremos avaliar também”, disse. Raoni é um dos principais nomes da oposição ao prefeito Luciano Cartaxo (PSD) e foi o vereador mais votado nas eleições de 2012. Ele deixou o PDT e se filiou ao PTB em setembro do ano passado com o objetivo de buscar a candidatura para prefeito.

Wilson Santiago também descartou o apoio à candidatura de Luciano Cartaxo (PSD) no primeiro turno das eleições. Segundo ele, o partido tem projeto político próprio que precisa ser desenvolvido. “Se o partido tem um projeto político ele tem que primeiro esgotá-lo. Qualquer apoiamento, qualquer composição política pode acontecer depois que passarem estes critérios, mas a intenção é de disputar a eleição, colocar nome para prefeito e aí no segundo turno as portas estão abertas para se conversar com quem quiser conversar conosco”, declarou.

O ex-senador também comentou sobre as eleições em Campina Grande e demais cidades do Interior da Paraíba. Segundo ele, a decisão dos diretórios municipais será respeitada mesmo que o objetivo do Diretório Estadual seja o de ampliar o número de prefeitos da legenda. “Em Campina Grande e nos demais municípios os diretórios municipais têm autonomia para fazer os entendimentos que acharem convenientes. Temos uma política de fortalecer o partido, mas nem sempre o nosso desejo é o melhor para o partido no município. Em Campina a tendência é apoiar Romero Rodrigues, inclusive o presidente do partido faz já parte do governo de Romero. Mas como a decisão é deles, a gente aguarda qualquer fato novo que vier a surgir”, explicou.

 

 

 

PB Agora