Wilson Filho diz que mantém pré-candidatura do PTB em JP e minimiza saída de Raoni: 'projeto pessoal'

Wilson Filho diz que mantém pré-candidatura do PTB em JP e minimiza saída de Raoni: 'projeto pessoal'

O deputado federal e pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Wilson Filho (PTB), comentou em entrevista nesta segunda-feira (28), durante evento com pré-candidatos a vereador pelo partido que a candidatura própria está mantida e minimizou a saída de Raoni, pouco depois de se filiar à sigla.

“Reunimos pré-candidatos a vereador, cada um de um bairro diferente de João Pessoa para colher sugestões par ao nosso programa de governo para que possamos montar e apresentar a João Pessoa uma proposta que tenha tudo a ver com o seu dia-a-dia, necessidades macro da cidade como um todo e de cada bairro”, afirmou lembrando que já vem colhendo estas informações através de plenárias nos bairros desde o ano passado.

Wilson Filho garantiu que a pré-candidatura do partido permanece e que já são mais de 30 pré-candidatos a vereador só pelo partido, além dos outros que estão apoiando a legenda. “Queremos apresentar um projeto ousado, diferente, que use todo o potencial de João Pessoa”, apontou.

O pré-candidato aproveitou para fazer críticas à atual administração taxando de desatualizada e de não atingir seus objetivos. Apesar das críticas ainda há a especulação que Wilson desista da pré-candidatura para apoiar a reeleição do prefeito, Luciano Cartaxo (PSD).

Quanto à saída de Raoni Mendes para ingressar no DEM, o deputado foi superficial, apenas afirmando que o partido encarou a mudança com naturalidade. “Cada um pode pensar no seu projeto pessoal, foi a justificativa que ele nos deus e terá muito sucesso na sua vida”, afirmou.

Já a respeito do pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT), o deputado que é líder do PTB na Câmara Federal, afirmou que o partido indicou o relator da comissão e que juridicamente não pode mais falar sobre o assunto publicamente, porém que a sigla vai tratar do assunto ‘de forma unida e coesa e a bancada tomará uma decisão simultânea de todos os membros’.

 

 

 

 


Marília Domingues / Adelton Alves