Wellington Roberto diz que apesar de compromisso preliminar com o PMDB abriu diálogo com o PSDB

Wellington Roberto diz que apesar de compromisso preliminar com o PMDB abriu diálogo com o PSDB
Presidente estadual do PR, o deputado federal [mais votado em 2010] Wellington Roberto interpretou o iminente rompimento do senador Cássio com o governado Ricardo Coutinho como "uma situação nebulosa preparando uma tempestade". "Esse rompimento que se anuncia já é evidente, já é fato", atestou.
Wellington revela que teve uma conversa com o presidente estadual do PSDB, deputado federal Ruy Carneiro, e informou que tanto ele quanto Ruy "vão abrir o leque" e conversações com outros partidos. "Não vou me furtar de conversar com ninguém, apesar do compromisso preliminar com o PMDB", avisou o parlamentar. 
Entenda-se como "compromisso com o PMDB" a promessa de Veneziano, Vital Filho e de José Maranhão, de o "PR ser inserido na chapa majoritária". "Mas não vamos radicalizar na exigência para ser candidato a Senador", ressalvou.
"Vou esperar que se cumpram os acordo de 2012 (eleição municipal em Campina Grande, quando um filho de deputado foi vice do PMDB). O PR cumpre compromissos", enfatizou Wellington, que só descarta uma hipótese: acordo com Ricardo Coutinho (PSB). "Não tenho nada contra Cássio", proclamou na 'Campina FM'.
 
Fonte Ricardo Pereira