Volks põe 4,2 mil operários em férias coletivas na unidade de Taubaté, SP

Volks põe 4,2 mil operários em férias coletivas na unidade de Taubaté, SP

A unidade da Volksvagen em Taubaté (SP) vai colocar 4,2 mil funcionários – praticamente todo efetivo da fábrica – em férias coletivas a partir do dia 30 de março. O pedido foi protocolado junto ao Sindicato dos Metalúrgicos da cidade nesta sexta-feira (13).

De acordo com a entidade, os trabalhadores devem ficar afastados das atividades até o dia 20 de abril. A empresa, que conta com cerca de cinco mil funcionários na cidade, não informou ao sindicato as áreas que serão atingidas pela medida. Ninguém do sindicato quis dar entrevista sobre o assunto.

No início da semana, o sindicato também informou que a montadora vai suspender temporariamente os contratos de trabalho (layoff) de 250 profissionais a partir da próxima segunda-feira (17). A suspensão pode ser estendida até o período de 5 meses.

No fim de março, a Volks já havia concedido férias coletivas a 220 empregados da unidade. Antes de adotar as coletivas, a montadora também suspendeu o terceiro turno de produção, remanejando cerca de 1,7 mil trabalhadores para os outros dois turnos.

O G1 procurou a Volksvagen no fim da manhã desta sexta-feira, mas a empresa ainda não se posicionou sobre o assunto.

 

LG
Além da Volks, a empresa de aparelhos eletrônicos LG vai adotar férias coletivas para trabalhadores da unidade de Taubaté (SP) a partir da próxima segunda-feira (16). Ao todo, a medida vai atingir 170 empregados da fábrica.

De acordo com a LG, 60 funcionários da linha de celulares ficarão de férias coletivas entre 16 de março e 14 de abril. Outros 110 trabalhadores da linha que produz máquinas de lavar permanecem afastados entre 30 de março e 13 de abril. A empresa, que produz celulares, smartphones e produtos eletroeletrônicos, justificou as férias como alternativa para adequar a produção à demanda do mercado.

 
 
 

G1