Viúva de Campos pede empenho da militância na campanha em PE

Viúva de Campos pede empenho da militância na campanha em PE

Com as presenças de Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, e das principais lideranças do partido na esfera nacional e no estado, o PSB realizou um ato nesta segunda-feira (18) para homenagear o ex-governador de Pernambuco, morto num acidente aéreo na quarta-feira (13), e convocar a militância para atuar nas eleições deste ano.

O evento foi realizado em uma casa de recepção no Recife, um dia depois do enterro de Campos. No ato, a viúva pediu votos para Paulo Câmara, candidato ao governo de Pernambuco pelo PSB, e para o candidato ao Senado do partido, Fernando Bezerra Coelho.

A mulher de Eduardo Campos chegou ao local acompanhada pelos filhos. Ela foi muito aplaudida por centenas de militantes e ouviu um coro de: "Renata, vice" e "Renata, guerreira, do povo brasileiro". Ela é cotada para ser vice na chapa liderada por Marina Silva, mas ainda "resiste" à ideia, segundo parentes.

Nesta segunda, Renata completa 47 anos. Ela é mãe dos cinco filhos de Eduardo Campos, o mais novo com menos de sete meses. Durante o evento, a militância cantou parabéns para a viúva. Também foi exibido um vídeo de cerca de dois minutos com declarações de Eduardo Campos, no qual citou que um dos ideais era continuar o trabalho do avô, Miguel Arraes, e acabar com a pobreza no país. Campos pede, no vídeo, votos para Paulo Câmara.

Em sua primeira declaração pública após a morte do marido Eduardo Campos, Renata Campos discursou para a militância.

"Vim porque sei da vontade dele e da importância de eleger Paulo [Câmara], Raul [Henry, candidato a vice-governador] e Fernando [Bezerra Coelho]. Acho que só depende de nós. Estou aqui com João, Duda, Pedro, José Henrique e Miguel para dizer Paulo, Raul e Fernando, contem com a gente."

Ela disse que vai participar da campanha eleitoral "por dois" depois da morte do marido. "Eu, como participei a vida toda de campanhas, não será diferente nessa. Tenho a impressão que tenho que participar por dois."


G1