Vitórias de Zé Aldemir e Dinaldo mudam quadros da Assembleia

Vitórias de Zé Aldemir e Dinaldo mudam quadros da Assembleia

Com a eleição dos deputados estaduais José Aldemir (PP) e Dinaldinho Wanderley (PSDB) para prefeito das cidades Cajazeiras e Patos, ambas no sertão do Estado, a Assembleia Legislativa passa a contar com a presença de outros dois parlamentares a partir de janeiro de 2017.

Antônio Mineral (PSDB) e Jullys Roberto (PMDB), que hoje ocupam uma cadeira na Casa Legislativa até o fim da licença de Dinaldinho e Nabor, não conseguiram votos suficientes para se elegerem deputados e ficaram com a primeira suplência nas coligações.

Em 2014, Mineral obteve 22.550 votos e Jullys somou 22.468.

Outros parlamentares estiveram na disputa 

Além de Aldemir e Dinaldinho, outros três deputados disputaram a prefeitura de cidades do Estado.

Adriano Galdino (PSB), que é presidente da ALPB, disputou a prefeitura de Campina Grande. Ele teve como vice na chapa, o também deputado Inácio Falcão (PT do B). Eles ficaram em quarto lugar com 9.897 votos (4,47%).

Nabor Wanderley (PMDB), que protagonizou a disputa pela prefeitura de Patos com Dinaldinho Wanderley (PSDB), teve 21.740 votos (42,07%).

Deputados eleitos

Dinaldinho Wanderley (PSDB) foi eleito prefeito de Patos com 26.840 (51,94%). Já em Cajazeiras José Aldemir (PP) foi eleito para comandar a cidade pelos próximos quatro anos com 16.926 votos (49,70).

 

 

MaisPB