Vice Prefeito de Igaracy fica sem receber e cobra salário da Justiça

Vice Prefeito de Igaracy fica sem receber e cobra salário da Justiça
O ano eleitoral em Igaracy mal iniciou, mesmo assim a“guilhotina” começou a funcionar, “cortando cabeças” de quem não reza na cartilha da Prefeita Municipal. A primeira vitima é exatamente o Vice-prefeito Aldo Lúcio Brasileiro Lima eleito nas últimas eleições municipais de 7 de outubro de 2012, juntamente com a Prefeita Deusaleide Jerônimo Leite. Seu salário estava em dias enquanto era aliado da atual prefeita. Mas, após o rompimento está sofrendo perseguição e perdeu espaço na administração municipal. 
 
E o que pior. Teve seu salário suspenso sem qualquer justificativa plausível a não ser perseguição política segundo afirma o Vice Prefeito. Primeiro começou atrasando uns dias, depois um mês, a agora chegou a vários meses. Porem não restou alternativa a não ser entrar na Justiça e foi o que fez, impetrou um Mandado de Segurança e distribuído na Comarca de Piancó/PB. 
 
Nesta ação patrocinada pelo Advogado Manoel Nouzinho da Silva, deixa claro que o salário é um direito social do trabalhador, instituído na Constituição Federal, e visceralmente vinculado ao Princípio da Dignidade da Pessoa Humana. Finaliza tecendo considerações acerca da atitude abusiva e ilegal, violando os direitos constitucionais. 
 
Pede o deferimento de liminar para que a Senhora Prefeita efetue o pagamento dos subsídios dos meses julho, agosto e setembro, e se abstenha de efetuar a sustação nos meses subsequentes, sob pena de aplicação de multa cominatória de 10% do valor total por dia atraso, com a remessa dos autos ao Ministério Público, para que adote as providencias necessária.
 
 
Hugo Igaracy