Vereadores de Nova Olinda terão de devolver dinheiro aos cofres públicos

Vereadores de Nova Olinda terão de devolver dinheiro aos cofres públicos
Cada um dos oito vereadores da Câmara Municipal de Nova Olinda terá de devolver a quantia de R$ 1.200,00 aos cofres públicos, que corresponde ao excesso de remuneração recebido em 2012. A decisão é do Tribunal de Contas do Estado ao julgar irregular a prestação de contas da vereadora Maria Eurides Lourenço Araújo, presidente do legislativo municipal.

Os vereadores terão o prazo de 60 dias para recolher os valores imputados, que totalizam R$ 9.600,00. São eles: Clementino de Souza Neto, Francisco Cipriano dos Santos, Gilson Getúlio da Silva, João David Sobrinho, José David dos Santos, José Raimundo Neto, Maria Aparecida Custódio de Jesus Miguel e Sebastião Braz da Silva.

Já em relação à presidente da Câmara, Maria Eurides, foi imputado débito no valor de R$ 86.601,19, sendo R$ 3.156,00 referente ao excesso de remuneração recebido; e R$ 83.445,19, relativo a despesas insuficientemente comprovadas com serviços de reforma e ampliação da Câmara Municipal de Nova Olinda. O TCE também aplicou multa pessoal no valor de R$ 7.882,17. 
 
 
 
(JPOnline)