Vereadores de Ibiara e Conceição se reúnem com promotor de Justiça e discutemfalta d´água nos dois municípios

Vereadores de Ibiara e Conceição se reúnem com promotor de Justiça e discutemfalta d´água nos dois municípios
 Vários vereadores das cidades de Conceição e Ibiara, reuniram-se nesta terça-feira(20), com o promotor de Justiça da Comarca de Conceição, Osvaldo Lopes Barbosa. Na pauta, o problema relacionado a água das duas cidades. A reunião, que foi fruto de um requerimento do vereador Edvaldo Ramalho, ocorreu na sede do Ministério Público, em Conceição. Além dos vereadores e do promotor de justiça, estiveram na reunião o representes da AESA, ANA e Cagepa.
 
Durante o uso da palavra, os vereadores puderam expor os problemas ocorrentes nos dois municípios para o promotor de justiça. Entre os problemas elencados pelos vereadores da cidade de Conceição, dois tiveram destaques: abertura da comparta do açude Condado e fiscalização do plantio de batatas às margens dos açudes Condado e Serra Vermelha.
 
Segundo o grupo de vereadores da cidade de Conceição, a abertura das comportas viabilizaria água para o leito do rio Piancó, afugentando assim o sofrimento de mais de 100 famílias de ribeirinhos do município, que estão vendo seus animais morreram de sede. Segundo o vereador Edvaldo Ramalho, que foi o autor do requerimento da reunião, o açude do Condado, que foi construído para perenizar o rio Piancó, tem capacidade suficiente para que as comportas sejam abertas de forma controlada, o que acabará com o sofrimento dos ribeirinhos.
 
Por outro lado, os vereadores apresentaram denúncias em relação ao grande número de plantio de batatas às margens dos dois mananciais, o que segundo ele, vem fazendo com que o volume d’água baixe assustadoramente e de forma rápida.
 
Já o problema da cidade de Ibiara foi apresentado pela vereadora Margarida e pelo vereador e presidente da Câmara Valdemar. Segundo eles, a cidade de Ibiara não atravessa crise hídrica, porém o número desordenado de carros pipas sem credenciamento poderá acabar as águas do município. Conforme explicou Valdemar, o Exército Brasileiro possui cerca de 35 carros pipas cadastrados para retirar água na cidade de Ibiara, no entanto carros pipas de várias cidades do Vale do Piancó estão indo pegar água naquele município sem nenhum cadastramento, o que segundo ele, virou um comércio clandestino de água, o que poderá levar a cidade a um colapso por falta d’água.
 
O representante da AESA, Mozarth, quando usou a palavra, prometeu levar o problema da abertura da comporta do açude do Condado, com urgência ao seu superior e prometeu apresentar uma resposta de imediato ao representante do ministério público. Em relação ao problema dos plantios de batatas às margens dos açudes ele prometeu intensificar as fiscalizações o mais rápido possível.
 
O promotor de Justiça, Osvaldo Barbosa sugeriu ao representante da AESA, uma convocação do Secretário de Infra Estrutura do Estado da Paraíba, João Azevêdo, para que o tema fosse debatido na procuradoria de Justiça do Estado com o procurador Geral Bertran Asfora, caso o próprio representante não obtivesse êxito junto ao representante maior do órgão. Em relação ao problema relacionado ao grande número de plantio de batatas ás margens dos mananciais, ele disse que esse problema era de sua competência, o que deu a entender irá tomar as medidas cabíveis para que o problema seja solucionado.
 
Durante toda a reunião o promotor se mostrou muito simpático e sensível aos problemas disse fazer parte deles, prometendo lutar para uma solução dos dois problemas, em pouco espaço de tempo. 
 
 
 
 
(com VPN)