Vereadores de cidade do Sertão reajustam salários em 50% e revoltam população

Vereadores de cidade do Sertão reajustam salários em 50% e revoltam população

Apesar da seca e da crise econômica, a Câmara Municipal de Imaculada, no Sertão da Paraíba, demonstra que está "nadando em dinheiro". O Legislativo acaba de aprovar um reajuste salarial de 50% para os vereadores, subindo de R$ 4 mil para R$ 6 mil por mês, a partir de janeiro de 2017.

O presidente da Câmara, que hoje percebe R$ 4,5 mil, vai ganhar R$ 9 mil, no próximo ano. O presidente do Poder Legislativo, José Charles Pereira Leite, não quis comentar sobre a aprovação do reajuste.
Os parlamentares também aprovaram que o prefeito, a partir de 2017, irá receber mensalmente R$ 15 mil, enquanto o vice perceberá R$ 7,5 mil e um secretário, R$ 3 mil. Após a aprovação, vereadores entraram de férias.

Revolta

O reajuste revoltou os moradores. O aposentado Antonio Emiliano de Sousa disse que o reajuste era um absurdo, pois "um vereador nada faz " e vai ganhar R$ 6 mil, diferentemente de um professor que trabalha muito e percebe uma "mixaria".

Por sua vez, José Paixão Neto disse que o salário de um vereador deveria ser congelado e um professor passar a ganhar R$ 6 mil por mês.