Vereador Pádua Leite(PT) líder do prefeito de Piancó, ganha titulo de “Persona non grata” e acusa vereadores de receber propina

Vereador Pádua Leite(PT) líder do prefeito de Piancó, ganha titulo de “Persona non grata” e acusa vereadores de receber propina

A sessão desta quinta-feira(18) na câmara de vereadores de Piancó foi maracda por troca acusações entre a oposição e vereadores da situação. A oposição que possuiu maioria derrotou vários projetos do executivo. No entanto, votou a favor do piso salarial nacional dos agentes de saúde e endemia para adequações local.

Mas o clima azedou mesmo entre os vereadores da oposição e o vereador Pádua Leite(PT). Pádua chegou a afirmar que vereadores recebiam dinheiro e outras regalias do prefeito Sales Lima, no entanto, preferiu não revelar nomes. Apesar da insistência do presidente da câmara José Bráulio perguntar quem seriam os parlamentares que recebem propina, o petista não revelou nomes.

O vereador Hermógenes Xavier disse que não votaria nas matérias do prefeito Sales Lima, porque seria o mesmo que depositar dinheiro em bancos Suíços. “É a certeza de o dinheiro sumir, aprovar esse dinheiro para o prefeito, é igual a banco na Suíça, some” concluiu o vereador.

Já o vereador Nenen de Fandinga(DEM) disse que o prefeito Sales Lima é um predador do dinheiro público.

Ainda durante a sessão, foi aprovado pelos vereadores de oposição o título de “Persona non grata” ao vereador Antonio Pereira de Pádua Leite. Segundo os autores do projeto, Pádua desqualificou a câmara de vereadores, a população piancoense, além dos próprios parlamentares mirins.

O vereador petista disse em seu pronunciamento que desconhece as acusações e que se mantém tranquilo diante da postura de seus colegas e em seguida disparou artilharia pesada contra os autores do Projeto.

O vereador Guilherme Montenegro pediu ao vereador Pádua Leite líder do prefeito de Piancó que denunciasse as irregularidades que o próprio Pádua havia relatado e até o ameaçou, concedendo um prazo para sanar a situação. “Estamos esperando, denuncie às irregularidades do prefeito que você mesmo o ameaçou há duas semanas, Pádua” Finalizou Guilherme Montenegro.

Após aprovar o título de Persona non grata ao parlamentar petista, os vereadores pediram ao presidente da casa que remetessem o Projeto de Decreto Legislativo a vários Órgãos Públicos.

 

Vale News PB