Veneziano é apontado como suposto ‘traidor’ de Hugo Motta em eleição

Veneziano é apontado como suposto ‘traidor’ de Hugo Motta em eleição

O deputado federal paraibano Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) foi apontado por uma reportagem da revista ‘Veja’ como suposto ‘traidor’ na eleição para líder do partido na Câmara Federal.

De acordo com a matéria, o parlamentar paraibano teria votado em Leonardo Picciani por ter sido supostamente beneficiado de alguma forma pelo governo, como a clássica liberação de verbas por ministérios, já que ele teria ligações com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), que nos últimos tempos se tornou um fiador do Palácio do Planalto.

A Veja diz que o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), teria constatado pelo menos quatro traidores. Além de Veneziano, os outros seriam os deputados Dulce Miranda, Josi Nunes e Aníbal Gomes.

Picciani foi eleito líder do PMDB na última quarta-feira (17) por 37 a 30 votos, e duas abstenções. Cunha havia estimado placar próximo a esse, mas favorável a Hugo Motta. Ele estaria, inclusive, dedicado a fazer cálculos e a mapear a origem das traições que fizeram naufragar seus planos de ter um braço-direto no comando da legenda.

Após o resultado da eleição, o deputado federal Hugo Motta manifestou descrença numa traição dos colegas paraibanos.

“Veneziano e Manoel Junior deram demonstrações claras e públicas. Acredito que as defecções aconteceram em outros estados e não adianta procurar onde aconteceram”, opinou.

O ex-prefeito de Campina Grande também garantiu seu voto em Hugo Motta na disputa pela liderança da legenda.

“Eu voto em Hugo Motta não apenas pela conterraneidade que temos, mas pela própria relação de amigos próximos, a nossa posição foi de apoiá-lo”, declarou.

 

 



Fonte/Blog do Gordinho