Vasco se afunda a cada derrota: Atlético 2x1. São Paulo ganha do Internacional

Vasco se afunda a cada derrota: Atlético 2x1. São Paulo ganha do Internacional

O Atlético-MG conseguiu importante vitória neste sábado, quando bateu o Vasco por 2 a 1, no Maracanã. Os mineiros seguem na cola do Corinthians, que entra em campo no próximo domingo, contra o Palmeiras, no Allianz Parque. Em caso de tropeço, a diferença poderá cair para quatro pontos. Os gols da partida foram marcados por Lucas Pratto e Dátolo. Nenê, de pênalti, descontou para os cariocas.

O Cruzmaltino, por sua vez, agoniza na lanterna do Campeonato Brasileiro. Com apenas 13 pontos, a equipe vê a situação se complicar a cada rodada. O Goiás, com 25, é o primeiro time fora da zona de rebaixamento e entrará em campo neste domingo.

VASCO 1 x 2 ATLÉTICO-MG

Data e hora: 05/09/2015, às 19h30
Local: Maracanã (Rio de Janeiro)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Auxiliares: Evandro Gomes Ferreira e Jesmar Benedito Miranda de Paula (GO)
Cartões amarelo: Jorge Henrique, Lucas, Rafael Silva (VAS) Dátolo, Cárdenas (ATL)
Cartão vermelho: Rafael Silva (VAS)
Gols: Lucas Pratto, aos 22min, e Dátolo, aos 44min, do primeiro tempo; Nenê, aos 28min do segundo tempo

VASCO
Jordi; Bruno Ferreira, Luan, Rodrigo e Christiano; Diguinho, Lucas (Seymour), Julio dos Santos (Andrezinho) e Nenê; Jorge Henrique (Rafael Silva) e Leandrão.Técnico: Jorginho

ATLÉTICO-MG
Victor; Patric, Leonardo Silva, Edcarlos e Pedro Botelho; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Dátolo e Giovanni Augusto (Dodô); Thiago Ribeiro (Cárdenas) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi

 

São Paulo 1 x 0 Internacional

A festa era de Rogério Ceni, mas foi outro Rogério, atacante e estreante, que aos 24 anos e 3 minutos do segundo tempo brilhou no Morumbi neste sábado (5): vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o Internacional, pelo Brasileirão, na noite em que o clube da casa festejou os 25 anos de Ceni, desfalque por lesão, no São Paulo. A atuação do xará do capitão foi o grande destaque da partida, que ainda contou com gol de Michel Bastos e boa exibição de Paulo Henrique Ganso, que participou dos dois gols. 

Ceni não foi o único desfalque. O técnico Juan Carlos Osorio teve de superar a ausência de 12 jogadores para vencer o Internacional. Só três titulares puderam jogar - além de Ganso e Michel Bastos, o lateral direito Bruno. Principalmente no segundo tempo, mesmo remendado o São Paulo jogou ótimo futebol ofensivo e chegou várias vezes ao gol do Inter. 

A vitória mantém o São Paulo na briga pelo G-4 - o clube do Morumbi vai à 4ª posição, com 38 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Atlético-PR na rodada. O Internacional, derrotado, fica com 31 pontos e se mantém na zona intermediária da tabela, perdendo a chance de se aproximar do grupo que briga pela classificação à Copa Libertadores. 

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 INTER

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 5 de setembro de 2015
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (ambos de GO)

Gols: Rogério (1-0) e Michel Bastos (2-0)
Cartões amarelos: não houve

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno (Auro), Lyanco, Edson Silva e Reinaldo; Hudson, Ganso e Michel Bastos; Centurión, Wilder (Matheus Reis) e Rogério (João Schmidt). Técnico: Juan Carlos Osorio.

INTER: Muriel; William, Ernando, Paulão e Geferson (Artur); Rodrigo Dourado, Nilton, D'Alessandro e Eduardo Sasha (Anderson); Valdívia e Lisandro López (Taiberson). Técnico: Argel.

 

 

 

Uol