Tyrone é pré-candidato a prefeito em Sousa; ele foi acusado de desviar água para propriedade privada

Tyrone é pré-candidato a prefeito em Sousa; ele foi acusado de desviar água para propriedade privada

Fábio Tyrone foi acusado de desvio de água das Várzeas de Sousa para uma área de sua propriedade. O tema ganhou destaque nacional, tendo sido exibido no programa Fantástico, da Rede Globo. Isso aconteceu em meados de fevereiro deste ano. Pois bem, esse mesmo Tyrone é o que a oposição da cidade oferece para o confronto com o prefeito reeleitoral André Gadelha (PMDB).

Se o que conta a despeito de Tyrone – ex-prefeito de Sousa – tem procedência, então algumas verdades precisam ser jogadas ao meio-fio para refrescar a memória do eleitorado de um dos municípios que revelou políticos da qualidade do ex-governador Antônio Mariz, do ex-senador Marcondes Gadelha, do ex-deputado federal, ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia, Inaldo Leitão… Enfim, gente de nível.

Mês passado, o ex-prefeito Fábio Tyrone Braga de Oliveira, pré-candidato das oposições à sucessão municipal de Sousa, recebeu uma condenação por improbidade administrativa da Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba. Uma notícia saída da assessoria do Poder Judiciário informa que “no período de janeiro a fevereiro de 2009, o ex-prefeito contratou centenas de pessoas por prazo determinado para atender a necessidade temporária do município”.

E prossegue: “Porém, não publicou os atos na imprensa oficial ou em outro meio de publicidade adequada”. Destaca, ainda: “Dessa forma, Fábio Tyrone impediu o controle administrativo pela própria administração e pela sociedade”. Tem direito de recorrer ao plenário do TJ, mas cometeu improbidade e pode ser enquadrada na Lei da Ficha Limpa.

Tyrone frequentou o noticiário policial em dezembro de 2015, tendo sido detido e conduzido à delegacia no município cearense de Aracati, para onde foi levado por embriaguez. A TV Verdes Mares exibiu o vídeo e noticiou os fatos assim: “O prefeito (ex) paraibano se envolveu em uma confusão no estacionamento hotel da praia de Canoa Quebrada. Tyrone, estaria embriagado e teria batido o carro, desacatando inclusive a polícia”.

A matéria relata, ainda, que “é possível identificar várias latas de cervejas dentro do carro do prefeito (ex) de Sousa; ele responde a 17 processos na justiça”.

tyrone-carro





Paraíba.com.br