TV Assembleia alerta para prevenção do vírus H1N1

TV Assembleia alerta para prevenção do  vírus  H1N1

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou Audiência Pública nesta quinta-feira (7) com o objetivo de debater sobre Melhoria de Trabalho dos Cirurgiões Dentistas. O evento ocorreu no plenário José Mariz e contou com a presença dos deputados Ricardo Barbosa, autor do requerimento, e Renato Gadelha.
 
Para o deputado Ricardo Barbosa, é preciso enxergar que a saúde é o topo das atividades humanas e por isso merece toda a atenção. O parlamentar ressaltou que situações como o descaso encontrado no Hospital Ortotrauma, de Mangabeira, não pode ser aceita, tanto que ele requereu a realização de audiência para discutir o assunto.
 
Sobre a saúde bucal, Ricardo Barbosa defendeu políticas públicas para a área e melhorias para a remuneração dos profissionais. "Os cirurgiões lutam por justa remuneração, por conta dos baixos salários pagos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pelos planos de saúde", pontuou.
 
Já o deputado Renato Gadelha, destacou a importância dessa categoria para a sociedade. "A boca é a porta de entrada para graves doenças. O Brasil precisa investir na saúde bucal da nossa gente e o primeiro passo é valorizar os profissionais da odontologia. Acredito que um primeiro passo neste sentido seja garantir um aumento no piso da categoria. Esta seria uma forma de reconhecer a importância destes profissionais", salientou.
 
A presidente da Federação Nacional dos Odontologistas e presidente do Sindicato dos Odontólogos da Paraíba, Joana Batista Lopes, falou sobre a mobilização nacional da categoria. "Tem dentista pagando pra trabalhar. Os concursos públicos estão pagando R$ 900 para os profissionais. Nós estamos na batalha pela aprovação do piso da categoria, mas desde 2008 que a Federação luta que esse piso seja aprovado. Estamos aqui pedindo ajuda porque queremos que a Constituição seja cumprida, com piso salarial proporcional à extensão e complexidade do trabalho", resumiu.
 
Também participaram da audiência pública o presidente do Conselho Regional de Odontologia, Abraão Alves de Oliveira; o presidente da União Brasileira dos Municípios, Leonardo Santana; dentistas e profissionais de saúde bucal de diversas regiões do Estado.
 
Atualmente, a Paraíba conta com 5,6 mil cirurgiões dentistas e no Brasil esse número chega a 273 mil. Destes, 66.250 atendem a população através do SUS. O Brasil ocupa o terceiro lugar em câncer bucal no mundo.

 

 

 

 

Agência AL-PB