Trócolli Júnior tenta encontro entre Ricardo e Maranhão

Trócolli Júnior tenta encontro entre Ricardo e Maranhão

O deputado estadual licenciado e secretário estadual de Articulação Política, Trócolli Júnior (PMDB), tentou minimizar as críticas do governo a gestão do senador José Maranhão, presidente estadual do seu partido, como governador. Trocolli tratou a questão como mal entendido.

Em nota publicada na coluna de Lena Guimarães, assinada interinamente pela jornalista Adriana Bezerra, no Correio da Paraíba, no início desta semana, o Governo do Estado negou “rombo” nas contas estaduais e acusou o antecessor, José Maranhão, aliado do governador Ricardo Coutinho (PSB), de ter patrocinado o desequilíbrio das contas da Paraíba, no ano de 2010.

De acordo com a nota, Maranhão fechou o ano de 2010 com déficit de R$ 411 milhões no orçamento e deixou um débito a pagar da ordem de R$ 1,3 bilhão. “Só permitindo a recuperação do equilíbrio fiscal nos anos seguintes da atual gestão”, registra.

Em contato com a reportagem do Portal MaisPB, Trócolli revelou que está intermediando um encontro entre o senador José Maranhão e o governador Ricardo Coutinho para “desmistificar o grande equívoco”. “Já conversei com o governador Ricardo e com o senador Maranhão e em breve eles vão se encontrar. Acredito que eles já podem ter se falado por telefone para marcar este encontro”, declarou.

Sem citar nomes, Trócolli disse também existir um desejo muito grande para afastar o PMDB e o PSB, mas trabalha para manter as duas siglas unidas. “Existe um desejo muito grande para afastar o PMDB e o PSB, mas eu trabalho para os dois continuem unidos. Os dois separados quem perde é a Paraíba”, afirmou.

 

 

 

Cristiano Teixeira – MaisPB