Trocólli Júnior defende união do PMDB com Cássio: "Precisamos matar a parada no primeiro turno das eleições"

Trocólli Júnior defende união do PMDB com Cássio: "Precisamos matar a parada no primeiro turno das eleições"
Chamado pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB) de "embaixador do diálogo", o deputado estadual Trocólli Júnior (PMDB) defende um entendimento imediatamente do seu partido com os tucanos. "Precisamos matar a parada no primeiro turno das eleições", disse o peemedebista. "Estou falando em nome do povo da Paraíba, que deseja uma vitória das oposições e a derrota do governador Ricardo Coutinho", sentenciou. Ele chama o "blocão" - PT, PP e PSC - para unir-se a tese que está defendendo. 
Quando instado a falar se já houve entendimentos, adiantou que "disposição existe do senador. Entendo que não temos tempo a perder e precisamos de uma definição o quanto antes, tanto da parte de Cássio rompendo com Ricardo, como também dos partidos que fazem oposição a esse governo". Ele garante que a receptividade do PMDB é muito boa. "Quem tem juízo apoia", ressalta. Adiantou que a resistência poderá vir dos irmãos Vital do Rêgo e Veneziano. "No entanto, nada que não possamos superar". (com Marcone Ferreira)