Tremor de terra assusta moradores e causa fissuras em casas no Ceará

Tremor de terra assusta moradores e causa fissuras em casas no Ceará

Um tremor de terra assustou os moradores de Coreaú, no interior do Ceará, na madrugada deste domingo (16). O tremor ocorreu por volta de 2h30 da manhã, de acordo com a Polícia Militar e acordou os moradores. “Foi um grande susto. Teve um barulho forte, as pessoas sentiram o chão tremer e foram às ruas para saber o que tinha acontecido”, relata o soldado da Polícia Militar Ricardo Batista.

A força do sismo derrubou parte do telhado e rachou o muro de algumas residências de Coreaú, como na residência de Raimunda Cecília. “Acordei com a casa chacoalhando, fiquei com medo, meus filhos ficaram com medo. As telhas estavam todas tremendo e as paredes também. Na hora a gente temia que acontecesse um desastre, mas foi só um susto”, relata.

A parede da entrada da residência de Cecília ficou ranhuras, marcas do tremor de terra dessa madrugada. De acordo com policiais de Coreaú, não há registro de pessoas feridas ou danos estruturais graves por conta do sismo.

O Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que monitora tremores de terra na região Nordeste, informou que vai divulgar nesta segunda-feira (17) a intensidade, epicentro e mais informações sobre o tremor de terra que atingiu o município.

Coreaú tem pelo menos quatro registros recentes de tremor de terra de baixa intensidade nos últimos anos: em março de 2010, com tremor de 2,5 pontos na escala Richter;  em abril de 2010, com tremor de 2,7 graus; e em 2013, quando houve um sismo de 2,1 graus na escala Richter. O quarto tremor ocorreu nesta madrugada. A escala Richter vai de 0 a 9.

De acordo com o Laboratório de Sismologia, Coreaú – e outras cidades no Norte do Ceará – recebem tremores de terra por conta de uma ranhura da placa tectônica meso-atlântica (entre a América e os continentes africano e europeu) que passa sob a região.


 

G1