Três são presos em Boa Ventura no caso em que menor aparece em vídeo transando

Três são presos em Boa Ventura no caso em que menor aparece em vídeo transando

Três mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça de Itaporanga foram cumpridos na tarde desta sexta-feira, 9, na cidade de Boa Ventura por policiais militares.

O juiz Carlos Barreto, da 2ª Vara de Itaporanga, decretou as prisões a pedido da Polícia Civil que apura um suposto esquema de aliciamento de menores para prostituição em Boa Ventura. O caso veio à tona depois da divulgação de um vídeo onde uma menor com idade de 13 anos aparece em ato sexual com um homem.

Foram presos duas mulheres e um homem, todos residentes em Boa Ventura: Carla Alves Bárbara, de 23 anos, moradora da Rua Mestre Silvino; Simone Tavares Freire, de 22, que reside na Rua Capitão Mamede; e o cabeleireiro Adriano Bento da Silva, de 33 anos, morador da Rua Coronel Zuza Lacerda.

Uma das mulheres presas, Carla Alves, é mãe de dois filhos e está grávida de cinco meses e a gravidez é de risco. Extremamente pobre e sem poder pagar advogado, ela nega qualquer envolvimento no caso e diz que sua prisão foi um erro da polícia e do judiciário. Adriano também nega participação no crime e diz que foi vítima de uma acusação falsa por parte de uma pessoa de quem é inimigo. Eles garantem ainda que durante a gravação do vídeo não estavam com a menor nem nunca aliciaram nenhuma menina para a prostituição.

As duas mulheres foram encaminhadas para o presídio regional de Patos, enquanto o homem foi recolhido à cadeia pública de Itaporanga. O inquérito ainda não foi fechado e outras prisões podem ocorrer.


 

Fonte: Folha do Vale