Três filhos de delegado da PB são encontrados mortos em Alagoas

Três filhos de delegado da PB são encontrados mortos em Alagoas

Três filhos do delegado Kelson Vasconcelos, coordenador da 2ª Região Segurança Pública de Campina Grande-PB, foram encontrados mortos dentro de um apartamento, no bairro do Pinheiro, em Maceió (AL). Os corpos apresentavam perfuração à faca.

As primeiras informações apontam que Felipe Vasconcelos, 20 anos, teria matado as próprias irmãs, Amanda Vasconcelos, 23 anos, e Maria Clara Vasconcelos, 19 anos, após um surto psicótico.

De acordo com o delegado de Homicídios da Polícia Civil, Ronilson Medeiros, o crime teria ocorrido na noite da segunda-feira (15), mas os corpos só foram encontrado pela mãe das vítimas ontem quando chegou em casa depois de plantão onde trabalha como técnica de enfermagem.

“Foi ela quem encontrou os corpos com o apartamento lavado de sangue", disse o delegado ao relatar que a mãe dos jovens contou que eles possuíam uma boa relação pessoal, mas que Felipe Vasconcelos tinha personalidade bipolar e que passou por tratamento até os 18 anos.

O policial narrou com detalhes de como aconteceu a tragédia, segundo levantamento do local do crime, feito pelos peritos do Instituto de Criminalística.

"Tudo indica que quando surtou, ele estava no computador em um dos quartos. Ele pegou a faca, foi até o outro quarto onde estava dormindo a irmã Maria Clara, a imobilizou e deferiu os golpes de faca. Em seguida, ele atacou a Amanda, que estava na sala com o laptop. Na luta corporal, ela ainda o atingiu, mas não conseguiu se livrar", relatou o delegado ao completar que na sequência Felipe Vasconcelos deferiu golpes de faca no próprio pescoço e ainda escreveu no chão, com sangue, a palavra socorro”, contou.


MaisPB

com G1