TORCIDA: deputados do PSC acreditam que partido irá acompanhar o PMDB e PT na majoritária

TORCIDA: deputados do PSC acreditam que partido irá acompanhar o PMDB e PT na majoritária

Cobiçado pelo PMDB e pelo PSDB, o Partido Social Cristão, presidido na Paraíba pelo ex-deputado Marcondes Gadelha, deve mesmo apoiar a candidatura do ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rêgo, ao governo do Estado nas eleições deste ano.

Dois dos influentes deputados do partido, Carlos Batinga (PSC) e Arnaldo Monteiro, garantiram que as negociações entre as duas legendas estão bem avançadas. O deputado estadual Arnaldo Monteiro que tem uma tendência pró-peemedebista, defende o nome do suplente de deputado Leonardo Gadelha como candidato a vice na chapa a ser encabeçada por Veneziano.

Arnaldo ressaltou seria uma honra para o PSC indicar o vice de Veneziano. No entanto, ele observou que alguns membros do partido, pensam ao contrário, visto que não querem é abrir mão de ter um candidato competitivo para Câmara Federal e substituir Gadelha não seria fácil.

Arnaldo Monteiro acredita que se houver a redução de bancadas para 30 deputados estaduais, o mais votado da coligação precisar de 60 mil votos. Se for mantido as 36 cadeiras, baixa para 50 mil.

Por sua vez, o deputado Carlos Batinga voltou a defender que a legenda integre o arco de alianças do pré-candidato governador Veneziano Vital do Rêgo para as próximas eleições. 

A bancada do PSC na Paraíba está mesmo dividida. Enquanto Carlos Batinga e Arnaldo Monteiro, defendem a aliança com o PMDB e consequentemente, o apoio a candidatura de Veneziano, os deputados Guilherme Almeida e Vitoriano de Abreu, querem levar o partido para o ninho tucnao e para os braços o senador Cássio Cunha Lima,

Léo na vice – Em meio as especulações, o suplente de deputado federal Leonardo Gadelha disse que estaria disposto a assumir o desafio de ser companheiro de Veneziano Vital na disputa estadual deste ano. 

 

PBAgora