TJ condena agência de Juju Salimeni por ‘calote’ em academia de João Pessoa

TJ condena agência de Juju Salimeni por ‘calote’ em academia de João Pessoa

A empresa Show Time Entertainment, agência de modelos e celebridades nacionais, foi condenada, no 3º Juizado Especial Cível de João Pessoa, a pagar o valor de R$ 15.838,00 (quinze mil oitocentos e trinta e oito reais) a título de danos morais e materiais para Marcus Paulo de Farias, proprietário da academia Training da Capital.

O empresário contratou a presença VIP da modelo Juliana Salimeni dos Santos Correia, conhecida como Juju Salimeni, para a inauguração do estabelecimento em 16/12/2013, pagando o valor de R$ 6.000,00 (seis mil reais) na contratação e teria cumpriu toda a série de exigências de transporte, hospedagem, segurança e salão de luxo para a modelo.

Segundo Marcus Paulo, apesar de toda a propaganda veiculada com imagens e vídeos enviados pela própria Juju Salimeni, a modelo não compareceu ao evento de inauguração e sua empresa não reembolsou Marcus Paulo por seus gastos ou danos morais.

Os advogados do empresário, Emanuel Lucena Neri (foto) e Katia Regina Farias, afirmaram ser o valor da condenação “razoável de acordo com o caráter punitivo, reparatório e pedagógico da pena, pois, em que pese o descumprimento de contrato não ensejar necessariamente dano moral, no caso é nítido o dano à imagem do autor no meio comercial”.

 

 

MaisPB