Tião Gomes fala em 'traição' de colega de partido por declaração de voto contrário a criação do TCM

Tião Gomes fala em 'traição' de colega de partido por declaração de voto contrário a criação do TCM

Licenciado e prestes a retornar ao "batente" das atividades parlamentares, o deputado Tião Gomes (PSL) disse ter sido "traído" pelo colega de partido e bancada João Bosco Carneiro (PSL), que anunciou voto contrário a criação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Tião se diz favorável, ainda mais em se tratando de uma matéria do interesse do governo do Estado.

Também presidente do PSL no Estado, Tião adiantou que a orientação do partido não é o posicionamento contrário ao TCM, mas sim de seguir com a maioria e a bancada de sustentação política e administração ao governador do Estado. Disse que irá conversar com o deputado João Bosco, "de quem espero a sensibilidade daqui para frente", observou.

Tião concedeu entrevista ao programa "60 Minutos", do Sistema Arapuan e destacou que "se depender de mim o Tribunal de Contas dos Municípios será criado, sim. Por que não?". A confiança do parlamentar é a mesma da maioria da bloco partidário que defende na Assembleia Legislativa.

Afastado das atividades no legislativo estadual para tratamento de saúde, o deputado Tião Gomes estará de volta esta semana em defesa do único ponto polêmico em tramitação na "Casa": a criação do TCM. 

 

 

Marcone Ferreira