Tião Gomes justifica preço do helicóptero comprado pelo Governo do Estado

Tião Gomes justifica preço do helicóptero comprado pelo Governo do Estado

O deputado estadual Tião Gomes (PSL) rebateu – em entrevista ao Portal MaisPB, na manhã desta terça-feira – o senador Cássio Cunha Lima (PSDB). Tião criticou o tucano por apontar irregularidades na compra de um helicóptero pelo Governo do Estado. “É discurso de candidato derrotado, que não tem propostas. Que passou sete anos e nada fez”, disse Tião.

O parlamentar do PSL explicou ao Portal MaisPB que o preço do helicóptero foi mais elevado porque não é uma aeronave comum. “É moderno e bem equipado para o combate ao tráfico de drogas. Quando o Governo uma ambulância, por exemplo, precisa comprar equipamentos para a ambulância. E os equipamentos, muitas vezes, são mais caros que a ambulância”, destacou Tião.

Candidato ao governo do Estado pela Coligação A Vontade do Povo, o senador Cássio Cunha ima (PSDB), acusou o Governo do Estado de fazer a aquisição superfaturada do helicóptero que foi entregue à segurança da Paraíba.

“O Estado comprou um helicóptero, com três anos de uso e com mais de 600 horas de vôos, por R$ 9 milhões, o que demonstrou que foi uma compra superfaturada, quando um aparelho novo custa em média R$ 7 milhões. O governador não justificou a compra e disse que o seu compromisso era com a Segurança Pública e argumentou que não lhe interessava quem tinha ganho a concorrência feita pelo Estado e se esquivou da resposta dizendo que não dirigia concorrência”, disse a coligação sobre o questionamento que o tucano fez ao socialista durante debate nesta segunda-feira (22).

Cássio também classificou como “estranho” o governo do estado só entregar a aeronave às vésperas da eleição, mesmo com o helicóptero tendo sido comprado há mais de um ano.


Alexandre Freire e Jãmarrí Nogueira - MaisPB