Tião denuncia trama de Aracilba e Ney para tomar comando do PSL na PB

Tião denuncia trama de Aracilba e Ney para tomar comando do PSL na PB

O presidente estadual do PSL, deputado Tião Gomes, denunciou, nesta terça-feira (10), que o ex-senador Ney Suassuna e a ex-secretária estadual de Finanças, Aracilba Rocha, estão orquestrando um golpe, via direção nacional do partido em Brasília (DF), para tomar o comando do partido na Paraíba.

A informação foi divulgada, nesta terça-feira (10), pelo jornalista Heron Cid, na sua coluna no jornal Correio da Paraíba.

Segundo Tião, a trama ocorre porque Aracilba propõe a adesão do partido a Cássio, alegando perseguição do Governo do Estado à sua pré-candidatura deputada estadual. “Tenho 30 anos de amizade com ela (Aracilba), mas isso não é certo”, lamentou o deputado.

O Outro Lado

Em contato com a reportagem, Aracilba Rocha ironizou a denúncia de Tião Gomes, afirmando que a denúncia não tem o menor fundamento. “Não é possível que Tião esteja ficando doido. Ney está em negócios no exterior e só volta 10 de julho, após as convenções”, completou.

Indagada por que prega a adesão do PSL a Cássio, conforme informou Tião, a ex-secretária do governo Ricardo Coutinho (PSB) disse que não está defendendo ninguém. “Estou tentando escapar”, completou.

MaisPB