Temer se reúne com Renan para discutir encontro do PMDB

Temer se reúne com Renan para discutir encontro do PMDB

O vice-presidente da República Michel Temer, presidente nacional do PMDB, se reuniu nesta segunda-feira (28) com o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), para falar sobre  o encontro da legenda desta terça (29).

O Diretório Nacional do partido se reunirá em Brasília para definir se rompe ou não com o governo da presidente Dilma Rousseff, como defendem algumas alas da legenda e conselheiros políticos de Temer.

Segundo apurou o G1, Temer tem buscado a unidade no partido pelo rompimento com o Palácio do Planalto. Ele chegou a procurar o ministro Eduardo Braga (Minas e Energia) para tentar convencê-lo da ideia.

Nesta segunda, em outra frente, a própria presidente Dilma chamou ao seu gabinete no Planalto seis dos sete ministros da legenda para articular com eles o apoio necessário para que o PMDB não desembarque do governo.

Atualmente, além da Vice-Presidência, o PMDB comanda sete ministérios: Turismo, Agricultura, Portos, Aviação Civil, Minas e Energia, Saúde e Ciência e Tecnologia.

 

Lula
Segundo pessoas próximas a Lula, o ex-presidente deve viajar a Brasília nesta segunda para se encontrar com Michel Temer e discutir a situação do PMDB.

 

Conforme interlocutores do vice-presidente, Temer e Lula já se encontraram neste domingo em São Paulo e o peemedebista teria dito ao ex-presidente que o partido deve mesmo desembarcar do governo Dilma nesta terça e não tem como adiar essa decisão.

Ainda segundo assessores de Temer, ao falar sobre o rompimento do PMDB com o governo, o vice disse a Lula que o desembarque é "irreversível", e que o clima de "animosidade" do partido com o Planalto foi agravado com a nomeação do deputado Mauro Lopes para a Secretaria de Aviação Civil, mesmo após a convenção nacional do PMDB (no último dia 12) proibir integrantes do partido de aceitar cargos no Executivo.

 

 

 

 

G1