Temer antecipa volta ao Brasil após viagem oficial ao Japão

Temer antecipa volta ao Brasil após viagem oficial ao Japão

O presidente da República, Michel Temer, antecipou o embarque de volta ao Brasil nesta quarta-feira (19), segundo a assessoria da Presidência. Ele estava em Tóquio, no Japão, onde participou de uma série de encontros com empresários e autoridades. A volta da comitiva brasileira estava marcada para a manhã da quinta-feira (20), no horário local do Japão. A assessoria do Planalto não informou o motivo da antecipação da data da volta.

O avião deve fazer uma parada para reabastecimento em Seattle, nos Estados Unidos, e chegar a Brasília nesta sexta (21).

A viagem oficial de Temer ao Japão foi a primeira de um presidente brasileiro ao país em 11 anos. Um dos principais objetivos do governo com a visita era atrair investimentos japoneses para o Brasil.

Nesta quarta, Temer começou o dia de compromissos em Tóquio com uma conversa de cerca de meia-hora com o imperador japonês, Akihito. Depois, teve um almoço com empresários brasileiros e japoneses. No fim do dia, Temer se reuniu com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe e participou de um jantar oferecido pelo japonês à comitiva brasileira.

Acordo na área de infraestrutura

No encontro, Brasil e Japão assinaram um acordo de cooperação para projetos na área de infraestrutura. O acordo prevê a criação de um grupo de trabalho e inclui os setores de transporte e logística, tecnologia da informação e de comunicações e energia, mas ainda não especifica projetos específicos.

Após o encontro, Temer fez uma declaração à imprensa, na qual disse que comunicou ao primeiro-ministro que o Brasil está consolidando um ambiente seguro e favorável para investimentos.

"Registrei que estamos consolidando no Brasil um ambiente de segurança jurídica e de previsibilidade reguladora – sempre muito conscientes de que a recuperação da economia brasileira passa por mais investimentos estrangeiros, por mais comércio exterior, especialmente, pelo investimento japonês", disse Temer.

O presidente disse ainda que tratou de uma agenda "vasta" com Shinzo Abe. Entre os temas discutidos, segundo Temer, estavam "democracia, direitos humanos, G20, reforma do Conselho de Segurança."

"A agenda foi vasta. E nós estamos fortalecendo nossa parceria estratégica e global, à luz das prioridades de brasileiros e japoneses. Aliás, em democracia deve ser assim: a política externa deve estar a serviço dos valores e dos interesses da sociedade", completou o presidente.

O primeiro-ministro, Shinzo Abe, que também deu declaração à imprensa após o encontro, disse que o Japão tem interesse em projetos de infraestrutura no Brasil.

"Para as empresas japonesas, o Brasil representa oportunidade, principalmente na área de infraestrutura. Principalmente na área de infraestrutura avistamos oportunidades de investimento. Nesse ponto de vista, fico feliz que nesta ocasião firmamos acordo para instalação de uma agenda na área de infraestrutura", disse o primeiro-ministro.

 

G1