TCU analisará denúncia feito pelo prefeito de Emas contra Ricardo Coutinho

TCU analisará denúncia feito pelo prefeito de Emas contra Ricardo Coutinho

O plenário do Tribunal de Contas da União analisa na sessão da próxima quarta-feira (25) a denúncia feita pelo prefeito de Emas de que “o governador Ricardo Coutinho mandou cortar os três carros-pipa que abasteciam a população da cidade, que sofre com a falta de água na região, simplesmente porque ele disse que não iria aderir ao seu projeto de reeleição”.

De acordo com o prefeito Segundo Madruga, a população da cidade vinha sendo assistida pelos três carros-pipa, locados pelo Governo do Estado. Entretanto, a quantidade era insuficiente para atender toda a população. Foi quando ele decidiu ir ao governador solicitar ampliação na quantidade de carros-pipa para atender a cidade.

O prefeito disse que, ao ser levado à presença do governador Ricardo Coutinho, este foi direto ao assunto e “perguntou se eu iria aderir ao projeto de governo dele. Fui direto em dizer que estávamos à procura de ajuda administrativa, mas que politicamente já tínhamos a nossa opção de voto. Imediatamente, ele mandou cancelar os 3 carros que nos davam apoio”, disse.

O processo que será analisado pelo TCU é o de nº 018.832/2013-0 e tem como relator o ministro José Múcio Monteiro. A denúncia foi encaminhada pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado Federal, a partir de um requerimento do senador Vital do Rêgo Filho.


Fonte: Lenilson Guedes/ JPOnline