Taperoá registra maior chuva dos últimos 21 anos, segundo a Aesa

Taperoá registra maior chuva dos últimos 21 anos, segundo a Aesa

Em menos de 24 horas, choveu na cidade de Taperoá, Cariri do Estado, 138,5 milímetros. Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), a precipitação ocorreu entre a tarde de quarta-feira (4) e a manhã desta quinta-feira (5), sendo a maior dos últimos 21 anos na cidade.

De acordo com a meteorologista da Aesa, Carmem Becker, a média histórica em fevereiro é de 83 milímetros, mas somente nos cinco primeiros dias do mês foram registrados 152,5 milímetros. “A chuva este ano chegou mais cedo e com mais força em Taperoá. Ainda estamos no começo da estação chuvosa no Cariri e, para alegria da população, as precipitações não devem parar por aí”, pontuou.

A previsão para a noite desta quinta-feira (5), divulgada no boletim meteorológico da Aesa, é de novas precipitações no semiárido paraibano. “A combinação entre a alta concentração de umidade presente no ar e o calor deverá favorecer a ocorrência de novas chuvas isoladas, principalmente no período da noite, no Cariri, Curimataú, Alto Sertão e Sertão. Nas demais regiões poderão ocorrer chuvas esparsas”, informou a meteorologista Marle Bandeira.

Segundo o gerente de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Alexandre Magno, entre a tarde de quarta-feira (4) e a manhã desta quinta-feira (5) também foram registradas fortes chuvas em São José dos Cordeiros (156.1mm) e Sousa (108mm).

“Ainda estamos avaliando qual foi a quantidade de chuva que chegou aos açudes.  A medição não é imediata porque há o chamado Período de Retardo. No caso do açude Boqueirão, por exemplo, acreditamos que a água que corre pela calha do rio chegue no reservatório por volta das nove horas da noite desta quinta-feira. Aí, na sexta-feira, teremos números mais precisos para informar a população”, explicou.

 
 
 


Assessoria