Suspeitos da cidade de Patos são presos quando se encaminhavam para praticar assassinato em Coremas

Suspeitos da cidade de Patos são presos quando se encaminhavam para praticar assassinato em Coremas

Os bandidos da cidade de Patos estão estendendo seus atos criminosos para outras cidades do sertão. Foi com esse intuito que a polícia prendeu três acusados por tentativa de suborno, porte ilegal de arma, adulteração de placa de veículo, além de confessarem possível assassinato na cidade de Coremas-PB.

O fato aconteceu na noite desta sexta-feira, dia 13, por volta das 19:30h na cidade de Condado-PB quando a guarnição do Cabo Limeira abordou dois jovens em uma moto com atitude suspeita. Ao serem abordados, os dois suspeitos foram identificados como sendo José Valdinez Barbosa Pontes, 28 anos, solteiro, residente na Rua Tabelião Manoel Fernandes, Bairro São Sebastião, em Patos. O outro suspeito é o menor R.F.M, de apenas 13 anos, residente no Bairro Santo Antônio, também em Patos.

De acordo com os levantamentos feitos pela guarnição, José Valdinez e o menor estavam se encaminhando para a cidade de Coremas para executar a senhora Josefa Pereira de Lima, 32 anos, residente no Bairro Alto da Boa Vista, em Coremas. O mandante do crime, que confessou o intento, é o ex-marido de Josefa que foi identificado como sendo Edimilson Heleno de Sousa, 60 anos, residente em Patos. Edimilson foi preso com R$ 1.552,00 onde R$ 1.500,00 seria pago aos jovens assim que mostrassem a prova do crime que tiraria a vida de Josefa. Edimilson foi preso no Distrito de Santa Gertrudes onde aguardava os homicidas após o término do assassinato.

Com os dois suspeitos foram apreendidos um revólver calibre 38 com seis munições intactas, a moto cedida pelo mandante do crime com placa adulterada, além de uma foto da vítima que seria executada. A moto e a foto foi fornecida aos executores pelo próprio Edimilson que teria encomendado o assassinato de Josefa.

A elucidação do possível assassinato só foi possível porque os policiais fingiram entrar no jogo dos suspeitos, pois os homens ofereceram a quantia de R$ 1.500,00 aos policiais para liberá-los da acusação. Os dois presos em Condado disseram que o dinheiro para os policiais estaria em Santa Gertrudes de posse de Edimilson. Ao chegarem a Santa Gertrudes os policiais encontraram Edimilson e ao questionarem o mesmo esse confessou todos os fatos relatados pelos “contratados”.

A reportagem do Patosonline.com fez contato com a senhora Josefa Pereira que ainda está em estado de choque. A redação conversou com uma amiga da vítima que relatou que Josefa já fez denúncia na Delegacia de Policia, mas que até agora nada foi feito. “Graças a Deus que os policiais pegaram esses criminosos, pois senão minha amiga teria pagado com sua vida. O ex-marido dela não aceita a separação e vive infernizando a vida dela. Pode ser que agora ela tenha um pouco de sossego”, confessou a amiga de Josefa.

Jozivan Antero – Patosonline.com