Suspeito de assaltos morre em troca de tiros com a polícia, em Conceição

Suspeito de assaltos morre em troca de tiros com a polícia, em Conceição

Robson Pereira Zuza, mais conhecido como 'Robinho', suspeito de envolvimento em uma quadrilha, que vem aterrorizando a região, morreu, durante uma troca de tiros com a polícia militar. A ação da polícia, que resultou na morte do suspeito, ocorreu, por volta das 11:30h, deste domingo(21), no sítio Porções, zona rural da cidade de Conceição.

 

O homem ainda foi socorrido por uma viatura da Força Tática para o hospital Caçula Leite, mas não resistiu aos vários ferimentos e veio a óbito, antes mesmo de dar entrada na unidade hospitalar.

Outros dois suspeitos conseguiram entrar no mato e fugiram do cerco da polícia. Todos são apontados com suspeitos dos últimos assaltos ocorridos na região das divisas de Conceição, Bonito de Santa Fé e Diamante.

De acordo com informações do Tenente Jadson, que comandou a ação, a polícia recebeu uma informação de que os suspeitos estariam em uma residência no sítio Porções e quatro viaturas se dirigiram para a localidade. Segundo o tenente, ao perceber a presença da polícia, dois suspeitos correram em direção ao matagal. Um deles teria atirado na polícia, ao atravessar a parede de um açude e foi baleado, durante a troca de tiros, segundo informou a polícia.

Segundo o cabo Júlio, a ação investigava suspeitos por vários crimes que haviam sido denunciados pela população do município.

“A PM fez rondas nesse sábado (20) à noite e encontrou os dois suspeitos investigados. Ao verem os policiais, eles correram para o mato e conseguiram fugir. Na manhã deste domingo, foi feito um novo levantamento e 10 homens da PM se deslocaram ao local. Chegando lá, encontraram a dupla bebendo em um bar. Eles fugiram novamente, cruzaram um braço de açude com água pela cintura e, chegando ao outro lado, um deles atirou contra a polícia, que revidou e o atingiu no pescoço e no abdome”, contou Júlio, informando também que nenhum agente ficou ferido e que o outro investigado conseguiu fugir novamente para dentro de uma área de mato.

Pouco tempo depois, Alexandre Pereira Zuza, que era irmão do homem, morto na troca de tiro com a polícia, foi até a 2ª Companhia de polícia militar e, segundo o tenente, e fez ameaças à policiais, ao perguntar se seu irmão estaria morto. Ele acabou preso, por desacato e foi levado para a delegacia de polícia civil da cidade de Conceiçao.

A máe da vítima e a esposa do irmão também estiveram na 2ª Companhia e por pouco a mãe não acabou também detida. Ela passou mal e foi para o hospital.

 

 

 

 

Fonte: Redação do portal Vale do Piancó Notícias