Suspeita de Chikungunya afasta deputado da ALPB

Suspeita de Chikungunya afasta deputado da ALPB

O deputado estadual Jeová Campos (PSB) cancelou toda sua agenda de trabalho desta terça-feira (09) em função de seu estado de saúde. O parlamentar que desde ontem vinha sentido fortes dores no corpo e dor de cabeça, além de outros sintomas, está com suspeita de ter contraído a Febre Chikungunya que é uma doença parecida com a dengue, causada pelo vírus CHIKV. O modo de transmissão da doença é pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado.

A agenda do parlamentar para essa terça-feira incluia além da sessão ordinária da ALPB, pela manhã, e a CJJ, à tarde, uma reunião com o secretário de Recursos Hídricos da PB, João Azevedo, às 8h, e outra audiência com a secretária estadual de Saúde,  Roberta Abath, no período da tarde. “Estou com toda a sintomatologia da febre Chikungunya, apresentando febre, mal-estar, dores pelo corpo e nas juntas, dor de cabeça, apatia e cansaço, mas só após a realização de exames teremos o diagnóstico definitivo”, afirma Jeová.

E o quadro do deputado inspira um certo cuidado em função dele já ter tido, há quatro anos, a forma de dengue hemorrágica, o que deixa o organismo mais suscetível a complicações de outras doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti. Vale lembrar ainda que o parlamentar deve fazer uma cirurgia, em breve, para controle da diabetes e que está fazendo, desde o mês passado, sessões de fisioterapia para correção de uma lesão nas vértebras C5 e C6.

 

 

 

MaisPB