Suplente de deputado Assis Quintans pode apoiar Cássio

 Suplente de deputado Assis Quintans  pode apoiar Cássio
A decisão do primeiro suplente de deputado estadual da coligação DEM/PSB/PSDB, feita em 2010, Assis Quintans (foto) de apoiar o senador Cássio Cunha Lima na disputa pelo Governo do Estado nas eleições deste ano provocou uma verdadeira saia justa para o governador Ricardo Coutinho, com efeitos na bancada governista da ALPB. É que agora, para poder beneficiar o líder do Governo, Hervázio Bezerra, do PSB, que é segundo suplente, o governador, teria primeiro que beneficiar um aliado de Cássio, no caso Assis Quintans.
Diante do cenário, Ricardo Coutinho poderá não ter a possibilidade de beneficiar seu líder, já que para isso, também teria que beneficiar um aliado de Cássio. Com o retorno dos titulares, Adriano Galdino, do PSB, e Manoel Ludgério, do PSD, restará para um deles a missão de ocupar o papel feito nos últimos anos por Hervázio.
Ricardo Coutinho, até poderia, através de uma articulação, solicitar que algum deputado retirasse licença para que Hervázio ficasse no posto por mais tempo, todavia, para que isso acontecesse, Quintans também teria que ser beneficiado, já que para Hervázio sobrou a segunda suplência e, portanto, sua ascensão está condicionada diretamente a ascensão de Quintans.
Nesse cenário, Ricardo fica em uma saia justa pois, para beneficiar um aliado do PSB, necessariamente teria que também beneficiar um aliado do PSDB. Assim, o ex-senador Efraim Morais - presidente estadual do DEM - mesmo que queria levar o partido pra aliança com o governador não levará o apoio dos deputados.