STF nega pedido de Cunha para adiar depoimentos da acusação

STF nega pedido de Cunha para adiar depoimentos da acusação

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, negou nessa quarta-feira (20), por motivos processuais, pedido feito pela defesa do deputado federal afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para suspender os depoimentos de 11 testemunhas de acusação na ação penal em que o parlamentar é acusado dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.