Standard & Poor's tira de grau de investimento da Petrobras

Standard & Poor's tira de grau de investimento da Petrobras

A Standard & Poor's (S&P) tirou nesta quinta-feira (10) o grau de investimento da Petrobras. A nota da estatal foi rebaixada em dois níveis, de "BBB-" para "BB", com perspectiva negativa.

A ação de rating acontece um dia após orebaixamento da nota de crédito soberano do Brasil, que perdeu o selo de bom pagador na classificação da S&P.

A agência anunciou nesta quinta o corte das notas de 31 empresas brasileiras como desdobramento direto da perda do gau de investimento do Brasil.

Em teleconferência com jornalistas mais cedo,analistas da S&P já tinham sinalizado que a Petrobras corria o risco de perder o grau de investimento como consequência do rebaixamento do Brasil.

Segundo a agência, o Brasil precisa mostrar sólido e consistente comprometimento para reverter a sua situação e voltar a ter grau de investimento.

O G1 procurou a Petrobras e aguarda posicionamento da petroleira.

 

Classificação em outras agências
Na classificação da Moody´s, a Petrobras já tinha perdido em fevereiro o grau de investimento. O rating atual da estatal na Moody´s é "Ba2", dois degraus abaixo do patamar considerado "bom pagador".

 

Na Fitch, a estatal permanece grau de investimento, classificada com a nota “BBB-", um degrau acima do patamar especulativo.

Na S&P, a Petrobras estava com a nota 'BBB-', no último patamar do grau de investimento, mas com perspectiva negativa desde março.

classificação de risco escala agências (Foto: Editoria de Arte/G1)

 

 

Outras empresas rebaixadas
Das 31 empresas rebaixadas nesta quinta pela S&P, 22 perderam o grau de investimento. Veja lista:

 

 

- Petrobras
- Companhia de Gas de Sao Paulo - Comgas
- Companhia Energetica do Ceara - Coelce
- Elektro Eletricidade e Servicos S.A. (Elektro);
- Transmissora Alianca de Energia Eletrica S.A. (TAESA)
- Neoenergia S.A.
- Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia – COELBA
- Companhia Energética do Rio Grande do Norte – COSERN
- Companhia Energética de Pernambuco – CELPE
- Atlantia Bertin Concessoes S.A. (AB Concessões)
- Rodovia das Colinas S.A.
- Triangulo do Sol Auto-Estradas S.A.
- Arteris S.A.
- Autopista Planalto Sul S/A.
- CCR S.A.
- Autoban - Concessionaria do Sistema Anhanguera Bandeirantes S.A.
- Concessionaria da Rodovia Presidente Dutra S.A.
- Rodonorte Concessionaria de Rodovias Integradas S.A.
- Ecorodovias Concessoes e Servicos S.A.
- Concessionaria Ecovias dos Imigrantes S.A.;
- Santos Brasil Participacoes S.A.
- Samarco Mineracao S.A.

 

 

Selo de bom pagador
O grau de investimento é um selo de qualidade que assegura aos investidores um menor risco de calotes. A partir da nota de risco atribuída aos títulos de dívidas de países e empresas, os investidores podem avaliar se a possibilidade de ganhos (por exemplo, com juros maiores) compensa o risco de perder o capital investido com a instabilidade econômica local.
 
Alguns fundos de pensão internacionais, de países da Europa ou os Estados Unidos, por exemplo, seguem a regra de que só se pode investir em títulos que estão classificados com grau de investimento por agências internacionais.
 
 
 

 

G1