Soldado morre com tiro enquanto trabalhava no Palácio do Jaburu

Soldado morre com tiro enquanto trabalhava no Palácio do Jaburu

Um soldado do Exército morreu baleado enquanto trabalhava no Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência da República, em Brasília. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (8) pelo Comando Militar do Planalto.

O soldado fazia parte do Batalhão da Guarda Presidencial. O corpo foi encontrado próximo a uma guarita de segurança a cerca de 300 metros da entrada principal, voltada para o lado de fora do palácio. Em nota, o Comando Militar do Planalto informou que um inquérito policial militar foi aberto para apurar as causas e circunstâncias do disparo.

O nome do soldado não foi revelado. O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência e o comando militar afirmam que estão prestando apoio à família.

Por volta das 15h, dois carros da perícia da Polícia Federal chegaram à residência. Um homem que estava no local e se identificou como funcionário da Presidência disse ao G1 que a hipótese é de que os tiros tenham sido disparados às 9h30.

 

 

 

G1