Sindicatos e CUT protestam na ALPB contra a terceirização

Sindicatos e CUT protestam na ALPB contra a terceirização

Movimentos sociais fazem protestos em pelo menos 20 estados e no Distrito Federal na manhã desta quarta-feira (15). A Central Única dos Trabalhadores (CUT) e outras entidades se manifestam contra o projeto de lei da terceirização, que tramita no Congresso.

Na Paraíba, os protestos se concentram na Capital João Pessoa. Neste momento, centenas de manifestantes estão na frente da Assembleia Legislativa da Paraíba. Mais cedo, a avenida Epitácio Pessoa, principal corredor de trânsito da Capital, foi interditada. Eles também fizeram um painel com fotos dos parlamentares paraibanos que votaram a favor do PL da Terceirização no Parque Solon de Lucena (Lagoa).

O policiamento foi reforçado na ALPB e o trânsito fechado.

Em Campina Grande, a mobilização começou por volta das 09h00. A concentração foi na Praça da Bandeira.

O Projeto de Lei 4330 regulamenta os contratos de terceirização. O texto autoriza o uso de serviços terceirizados em qualquer atividade das empresas. Hoje, apenas as atividades-meio, como limpeza e segurança, podem ser terceirizadas.

Além da Paraíba, ocorrem ou ocorreram atos e paralisações nos seguintes estados: Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande de Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo.

 

 

 

 

MaisPB