Sindicância vai apurar morte de PM com suspeita de rabdomiólise

Sindicância vai apurar morte de PM com suspeita de rabdomiólise

A Polícia Militar da Paraíba abrirá uma sindicância para apurar a causa da morte do Cabo Heide Carlos Gomes, falecido na noite dessa terça-feira (29), no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

A informação foi confirmada pelo Major Ferreira, em contato com o Portal MaisPB, nesta quarta-feira (30).

Heide Carlos Gomes tinha 28 anos e participava de um treinamento para o Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE), quando teve um mal súbito e precisou ser encaminhado para o hospital na última segunda-feira (28). A suspeita aponta para o diagnóstico da rabdomiólise, uma doença que afeta os rins. Além de Heide, outros dois policiais também deram entrada na unidade hospitalar apresentando os mesmos sintomas. Os dois já tiveram alta.

Major Ferreira lamentou a morte do colega e disse que após a comissão de sindicância, todas as partes serão ouvidas e os laudos e exames serão analisados para elucidar o caso.

Segundo ele, a sindicância será composta por um oficial, que analisará o caso. O corpo do militar não foi liberado e ainda não se tem informações sobre o velório e sepultamento.

Rabdomiólise

A rabdomiólise é uma síndrome que ocorre após lesão muscular. Quando feito de imediato, o tratamento tem um resultado positivo. Especialistas dizem que a morte nesses casos são raras.

 

 

 

Isaac Pinto – MaisPB