Setor industrial na Paraíba crescem 87,7% em quatro anos

Setor industrial na Paraíba crescem 87,7% em quatro anos

O setor industrial da Paraíba registrou forte crescimento em novas unidades nos últimos quatro anos e representam 22,8% da geração de riquezas do Estado. De acordo com o Cadastro de Registros da Receita Estadual, as empresas do setor passaram de 7.849 unidades para 14.733 unidades, ou seja, o número de empresas industriais cresceu 87,7% entre janeiro de 2011 e dezembro 2014. Com isso, a indústria representa 15,17% do total das empresas ativas do Estado.  

A participação da micro e da pequena indústria cresceu nos últimos quatro anos na Paraíba. Em 2010, elas participavam com 58,23% das indústrias. Entre as principais razões estão o surgimento da figura do MEI em 2010 e a decisão do Governo da Paraíba de ter dobrado o limite do faturamento anual do Simples Nacional de R$ 1,8 milhão para R$ 3,6 milhões entre 2011 e 2014, possibilitando que milhares de empresas mantivessem a carga tributária menor no Simples e outras fossem incorporadas. Com a medida, a Paraíba garantiu a equiparação do teto do Simples Nacional adotado no país para todas as empresas que faturam até R$ 3,6 milhões. 

De acordo com os dados do Cadastro de Registros da Receita Estadual, as empresas de médio e grande portes, que fazem parte do regime Normal, participam com 20% do total das empresas. Isso representa 2,991 mil unidades industriais. 

Por regime de apuração, as optantes do Simples Nacional lideram participação no cadastro do setor. Os microempreendedores individuais (MEI), microempresas e empresas de pequeno porte representam 76,47% das indústrias do Estado (11.267 unidades).

Dados da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep) mostram que a atividade industrial da Paraíba no ano passado se diferenciou quando comparado ao desempenho do país e do Nordeste. A produção industrial da Paraíba encerrou o ano passado com alta de 4,4%, enquanto o setor industrial na Região Nordeste fechou 2014 com estabilidade, mas com tendência negativa (-0,2%). Já o Brasil registrou queda de 3,2% na produção industrial, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

O setor industrial também é gerador representativo de empregos. O setor industrial na Paraíba acumula 81.229 empregos com carteira assinada na Paraíba, o que representa 20% dos postos de trabalho do setor privado do Estado. 

 

 

 

Click PB